top of page
  • Assessoria

Conselho de Secretarias de Saúde emite nota sobre desabastecimento de medicamentos no Brasil

“Medicamentos como antibióticos, antitérmicos, soro fisiológico, entre outros” estão em falta para a distribuição ao público nas unidades de saúde

Foto: Reprodução

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Alagoas - COSEMS - AL, emitiu nota técnica para todos os municípios alagoanos, informando sobre o desabastecimento de uma série de medicamentos, inclusive os do elenco da Atenção Básica, em nosso país.


Na nota, o Conselho destaca que “medicamentos como antibióticos, antitérmicos, soro fisiológico, entre outros” estão em falta para a distribuição ao público nas unidades de saúde.


O fato tem sido noticiado pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS), Ministério da Saúde (MS) e demais órgãos de saúde; e a situação já tem refletido na Central de Abastecimento Farmacêutica (CAF) dos municípios. O COSEMS-AL vem acompanhando a falta de medicamentos, por meio do Grupo Técnico de Trabalho da Assistência Farmacêutica (GTTAF) da rede CONASEMS/COSEMS-AL, e tem sido informado sobre o desabastecimento em alguns municípios alagoanos.


Estão em falta nas farmácias municipais e/ou hospitais medicamentos tais como os antimicrobianos, mucolíticos, anti-histamínicos, analgésicos, dipirona sódica, soro de reidratação, itens indispensáveis à analgesia em cirurgias,diuréticos, neostigmina, amoxicilina 500 mg Cáps, ocitocina, aminoglicosídeos (amiicacina e gentamicina), imonuglobulina humana e, mais recentemente, solução de cloreto de sódio (soro fisiológico).


O COSEMS destaca também que a falta dos medicamentos “compromete o desfecho dos tratamentos prescritos e podem aumentar a ocorrência de complicações e de mortalidade nos estabelecimentos de saúde''.


NOTA INFORMATIVA SOBRE MEDICAMENTOS - revisada
.pdf
Fazer download de PDF • 799KB

0 comentário

Comments


unnamed (2).jpg
site.jpg
bottom of page