top of page
  • Diário de Arapiraca

Copa do Mundo do Catar terá áreas para torcedores bêbados ficarem sóbrios

Anúncio foi feito pelo executivo Nasser Al Khater, em entrevista à Sky News na quinta-feira (13)

Foto: Reprodução

A Copa do Mundo de futebol que será realizada no Catar a partir do próximo mês terá áreas para torcedores bêbados ficarem sóbrios, disse seu presidente-executivo em entrevista à televisão.


A Copa do Mundo do Catar é a primeira a ser realizada em um país muçulmano com controles rígidos sobre o álcool, apresentando desafios únicos para os organizadores de um evento patrocinado por uma grande marca de cerveja e muitas vezes associado a fãs de cerveja.


O Catar permitirá que torcedores com ingressos comprem cerveja alcoólica em partidas três horas antes do início e por uma hora após o apito final, mas não durante a partida, informou a Reuters em setembro, citando uma fonte com conhecimento dos planos para o torneio.


O presidente-executivo do Qatar 2022, Nasser Al Khater, disse à Sky News em uma entrevista publicada na quinta-feira (13) que qualquer pessoa que exagere seria cuidada.


“Eu sei que existem planos para as pessoas ficarem sóbrias se elas estiverem bebendo excessivamente”, disse Al Khater, acrescentando que era para garantir que elas estivessem seguras e não prejudiciais aos outros ou a si mesmas.


Al Khater também repetiu as garantias de que os fãs LGBTQ+ seriam bem-vindos e se sentiriam à vontade no Catar. A homossexualidade é ilegal no país, assim como em muitos países do Oriente Médio.


“Todos são bem-vindos aqui e todos se sentirão seguros quando vierem ao Catar”, disse ele quando perguntado sobre sua mensagem aos fãs LGBTQ+.


Quando perguntado se isso incluía fãs gays de mãos dadas em público, ele disse: “Sim” e disse “sim” novamente quando perguntado se isso era uma mensagem de segurança.


Os organizadores do torneio enfatizaram anteriormente que todos, independentemente de sua orientação sexual ou origem, são bem-vindos no Catar, além de alertar os fãs contra demonstrações públicas de afeto.


O Catar e vários países da região proibiram o filme de animação da Disney “Lightyear” de ser exibido nos cinemas este ano por apresentar personagens em um relacionamento entre pessoas do mesmo sexo.

0 comentário

Comments


unnamed (2).jpg
site.jpg
bottom of page