top of page
  • Assessoria

Hospital Regional do Alto Sertão realiza 326 cirurgias oftalmológicas na primeira etapa do Programa Ver Melhor

Segunda fase ocorrerá nos dias 13,14 e 15 de junho e a ação contempla os moradores dos municípios situados no Alto Sertão

Foto: Reprodução

O Hospital Regional do Alto Sertão (HRAS), situado em Delmiro Gouveia, promoveu a primeira etapa do Programa Ver Melhor, assegurando cirurgias oftalmológicas de catarata e pterígio. Na ação, 326 pessoas se submeteram à cirurgia, sendo 242 de catarata e 84 de pterígio. A segunda etapa da iniciativa está prevista para ocorrer nos dias 13,14 e 15 de junho deste ano.


O Programa Ver Melhor foi lançado em agosto do ano passado, pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), a quem o HRAS é vinculado. Ele assegura procedimentos de oftalmologia, nas modalidades eletiva clínica e cirúrgica, com o intuito de solucionar problemas oftalmológicos que podem surgir por inúmeros motivos, desde causas genéticas, até hábitos e estilos de vida. 


"A médio e longo prazos, esses problemas oftalmológicos podem causar, entre outras coisas, dificuldade para enxergar e, até mesmo, em casos mais graves, a cegueira. Por isso a relevância do Programa Ver Melhor, uma iniciativa implementada em nossa gestão à frente da Sesau, visando sanar um problema sério, que era a desassistência aos alagoanos com problemas oftalmológicos", salientou o secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda.


Acesso 


Para ter acesso aos serviços ofertados pelo Programa Ver Melhor , o paciente deve ser encaminhado, via Unidade Básica de Saúde (UBS) do município de residência, através do Sistema de Regulação do Estado (Sisreg). Após avaliação e, a depender do diagnóstico, ele poderá ser encaminhado para a realização de cirurgias e procedimentos.


O diretor geral do HRAS, Carlos Augusto dos Anjos, reforçou que a visão é um dos principais sentidos do corpo humano e, por meio da iniciativa, muitas pessoas voltarão a enxergar bem.


“É muito gratificante ver as ações de saúde chegarem para o povo alagoano de forma tão acessível. A população do Alto Sertão, que antes precisava se deslocar para o Agreste e, até mesmo para a capital, na busca de procedimentos cirúrgicos, recebe atendimento na região de reside", comemorou.

0 comentário

Comments


unnamed (2).jpg
site.jpg
bottom of page