top of page
  • Pablo Vitor - Sertão 142

Onze pessoas são presas suspeitas de abuso e exploração sexual em Olho D’Água do Casado e Piranhas

Crianças de seis, oito e até 13 anos eram supostamente abusadas com a conivência dos pais

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O Delegado Daniel Mayer, através de suas redes sociais, divulgou nessa quinta-feira (17) o balanço de uma grande operação que prendeu suspeitos de abuso e exploração sexual infantil no sertão alagoano. Ao todo, onze pessoas foram detidas.


A ação contou com equipes da Polícia Civil da Delegacia de Piranhas e da Companhia de Operações Especiais do Sertão (Copes-Caatinga).


Segundo informações colhidas pela reportagem do portal Sertão 142, as prisões são resultado da investigação de sete inquéritos, que apontaram essas pessoas como possíveis autores de estupro de vulnerável.


“Todos os crimes contra crianças e adolescentes de no máximo trezes anos, o que torna a situação mais abjeta”, desabafou Mayer.


Crianças de seis, oito e até trezes anos supostamente eram abusadas, em alguns casos com a conivência dos pais. As prisões foram realizadas nos municípios de Olho D’Água do Casado e Piranhas, entre os dias 15, 16 e 17 de novembro.


Confira:


0 comentário

Commentaires


unnamed (2).jpg
site.jpg
bottom of page