top of page
  • Diário de Arapiraca

PL sobre obrigatoriedade do uso de máscara em AL será votado nesta terça (23)

O plenário da Assembleia Legislativa aprovou parecer nas comissões de Constituição e Justiça; da Administração e de Saúde ao projeto de lei, na quinta-feira (18)

Foto: Ilustrativa

O plenário da Assembleia Legislativa aprovou na quinta-feira (18), o parecer das comissões de Constituição e Justiça; de Administração e de Saúde ao projeto de lei nº 386/2020, de autoria do Poder Executivo, que dispõe, no âmbito do Estado de Alagoas, sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras nos espaços que indica, durante o período da pandemia causada pela Covid-19.


Com a aprovação do parecer, o projeto deverá ser analisado e aprovado em segunda votação neste terça-feira (23).


No projeto constam quatro emendas, todas de autoria da deputada Jó Pereira (MDB), que foram aprovadas pelas comissões.


A primeira altera o caput do artigo 4º, que passa a vigorar com a seguinte redação: “Caberá a imposição de multa, na forma a ser regulamentada pelo Poder Executivo estadual, ao estabelecimento público e/ou privado que esteja em funcionamento durante a situação de emergência causada pela pandemia da Covid-19, no qual seja constatado a não utilização de máscara de proteção, profissionais/industriais ou caseiras, por seus funcionários durante a prestação de serviço laboral”.


A segunda acresce o parágrafo segundo ao artigo 2º, que passa a ter a seguinte redação: “Nos estabelecimentos que tenham como atividade consumo de gêneros alimentícios e bebidas, fica facultado ao consumidor o uso de máscara enquanto estiver sentado em local reservado ao consumo, respeitando o distanciamento, devendo utilizá-la sempre que se levantar”. A terceira altera o artigo 3º, ficando seguinte forma: “O cidadão que descumprir a obrigatoriedade contida na presente lei, estará sujeito a multa, na forma a ser definida em regulamento do Poder Executivo estadual”.


Já a quarta emenda, suprime os incisos I e II e o parágrafo único do artigo 4º. O inciso I falava em advertência quando da primeira autuação da infração, e o inciso II dizia da possibilidade de multa, que variava de R$ 1.000,00 até 100.000,00, dependendo do porte do empreendimento e das circunstâncias da infração. O parágrafo único tratava da reincidência, com aplicação de multa em dobro.


O Projeto de Lei (PL) deve ser votado e aprovado nesta terça-feira (23) pela Assembleia Legislativa de Alagoas. Uma vez aprovado, segue para a sanção do Executivo, já que trata-se de um projeto do Governo do Estado.

0 comentário

Comments


unnamed (2).jpg
site.jpg
bottom of page