top of page
  • Gazeta Web

Polícia Civil indicia por feminicídio idoso que matou jovem de 22 anos em Canapi

Segundo autoridade policial, o homem perseguia a vítima há pelo menos um ano

Foto: Reprodução

O idoso de 60 anos que matou a tiros uma jovem de 22 anos na cidade de Canapi, no Sertão de Alagoas, foi indiciado por feminicídio. A Polícia Civil concluiu o inquérito nessa quarta-feira (29) e o enviou para o Ministério Público Estadual (MPE), órgão responsável pela denúncia. Segundo o delegado do caso, Daniel Mayer, o idoso perseguia a jovem há pelo menos um ano. O crime ocorreu em 17 de dezembro e foi gravado pela própria vítima em áudio. Na gravação, o idoso exigia que a menina falasse com quem ela ficaria. Em resposta, a menina responde que não gosta de ninguém, momento em que pode-se ouvir os disparos e o grito da jovem.

O crime, de acordo com a autoridade policial, ocorreu em frente à casa da vítima. O homem se entregou à polícia no dia 23 de dezembro, mas foi liberado em seguida por ter se apresentado espontaneamente. Como não houve flagrante, entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) determina a liberação quando o suspeito se vai à delegacia voluntariamente.

Também não havia mandado de prisão expedida contra ele, no momento em que se apresentou. O processo corre agora em segredo de Justiça.

0 comentário

Comments


unnamed (2).jpg
site.jpg
bottom of page